Grupo acusado de assaltar mais de 80 caixas multibanco é julgado em Coimbra

Posted by

FOTO DR

Treze arguidos suspeitos de pertencerem a um grupo que terá furtado mais de dois milhões de euros, em ataques a pelo menos 87 caixas multibanco em todo o país, começa a ser julgado em 06 de janeiro de 2020, no Tribunal de Coimbra.

Os 13 arguidos são acusados de pertencerem a um grupo que terá feito mais de 80 furtos entre setembro de 2016 e dezembro de 2017, quando a operação parou após três dos principais suspeitos terem sido detidos pela PJ, quando regressavam de mais um assalto.

Os assaltos decorreram em diversos distritos, como Lisboa, Setúbal, Santarém, Évora, Beja, Leiria, Coimbra, Porto e Braga, numa ação que recorria a explosões para assaltar os terminais de multibanco, em operações em que cada um dos elementos “obedecia a regras rígidas aceites por todos”, refere o Ministério Público, na acusação a que a agência Lusa teve acesso.

Antes dos furtos, os membros “selecionavam criteriosamente as caixas multibanco”, procurando perceber a marca e modelo do terminal, através de consultas de movimento de cartões de débito, tendo preferência pelas caixas de uma versão da marca BAUSSA, mais “antiga e ultrapassada e com menos mecanismos de segurança”, refere o Ministério Público (MP).

Para o assalto, o grupo recorria a carros previamente furtados e usava chapas de matrículas também roubadas e correspondentes a outros veículos, conta.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.