Estudantes querem grau de doutor nos politécnicos

As direções associativas querem rever o Regime Jurídico das Instituições do Ensino Superior (RJIES), para permitir a atribuição do grau de doutor pelos politécnicos, e a fórmula de cálculo da propina máxima e mínima.

No Encontro Nacional de Direções Associativas (ENDA) que decorreu no fim de semana, na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra, foi igualmente discutido o financiamento do ensino superior, com os estudantes a exigirem uma maior dotação orçamental e a revisão do regulamento de atribuição de bolsas para que mais alunos sejam abrangidos pelos mecanismos de ação social.

No comunicado final do encontro, as direções associativas estudantis sublinham a necessidade de “definir na lei o limite máximo e mínimo da propina a tempo parcial” e de conseguir um reforço orçamental não só para aplicar na modernização administrativa, mas também para o desenvolvimento da investigação e inovação pedagógica.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.