Água no Açude regista valor mais alto às 19H45

Posted by

O valor mais alto de passagem de água no Açude-Ponte foi registado às 19H45 de ontem. os 1.223 metros cúbicos por segundo superaram o valor registado às 04H50 e que foi revelado por Manuel Machado no início da reunião do executivo. Na sua intervenção, o autarca reconheceu a importância da realização do trabalho de desassoreamento do rio, o que permitiu à bacia do Mondego acolher este valor elevado de água sem que houvesse registo de cheias em locais como, por exemplo, o Parque Verde do Mondego ou o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha.
Manuel Machado recordou que, em 2016, estes dois locais ficaram logo alagados “aos 600 metros cúbicos”. “A operação foi positiva e o rio Mondego correspondeu a esta absorção e reencaminhamento de água (durante a madrugada e manhã de sexta-feira) ”, frisou.
Apesar deste “teste de stress” ter corrido bem, o presidente da câmara de Coimbra realçou a importância da monitorização do rio Ceira “e a adoção de dispositivos que nos garantam o controle da baía do Ceira”. E explicou porquê: “a barragem do Alto do Ceira não é suficiente, sendo indispensável a recolha de informação em tempo real – compromisso assumido e que a Agência Portuguesa de Ambiente ainda não cumpriu”.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.