IPN é uma das 10 melhores incubadoras do Mundo

Posted by

O Instituto Pedro Nunes (IPN) voltou a ser considerada uma das melhores incubadoras do Mundo. Desta vez, foi na World Incubation Summit 2019, uma conferência internacional que reúne um grupo exclusivo e selecionado de programas de incubação e aceleração de todo o mundo que decorre no Qatar.

De acordo com nota enviada pelo instituto, a distinção foi para a sua Incubadora, a qual ficou no top-10 das melhores incubadoras do Mundo, na categoria de University Business Incubators. O ranking foi elaborado pela consultora sueca UBI Global, uma entidade de investigação “amplamente reconhecida por avaliar e reunir as melhores incubadoras a nível mundial”.

Versão completa na edição impressa

One Comment

  1. Student från Malmö says:

    Isso mesmo. A Suécia é um grande país. E reconhece quem tem e merece ser reconhecido. Nenhum estudante da EU paga tuition fees. O mesmo se aplica aos estudantes oriundos da Suíça. Muitos estrangeiros conseguem um contrato de trabalho na academia o que lhes permite cobrir perfeitamente os custos do nível de vida e ainda fazer poupanças.
    Aposto como a nossa incubadora de Coimbra é como a incubadora da Chalmers, a Chalmers Ventures, que é a incubadora universitária top nos Nordics e uma das 10 melhores a nível global de acordo com o ranking mais recente da UBI Global. Mais, a Chalmers Ventures recebeu um louvor pela sua política efectiva de trabalho que contempla a igualdade de género, e foi reconhecida na categoria Most Promising – Women Founders. Aqui os tugas falham. Igualdade de género não vejo muito entre os tugas, tal como não vejo muitas mulheres na incubadora premiada de Coimbra. Mulheres em Coimbra nas incubadoras, só se for nas maternidades, a olharem pelos filhos nascidos antes do tempo regular de gestação. E os outros géneros, nem se fala. Nem na maternidade nem fora dela.
    Todavia, o business continua a ser o maior cancro mundial. Razão tem o Torgal.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.