Daniel Azenha reeleito presidente da Academia de Coimbra num ato com 82% de abstenção

Posted by

FOTO DB/PEDRO RAMOS

O atual presidente da direção-geral da Associação Académica de Coimbra (AAC), Daniel Azenha, foi reeleito, com 87% dos votos, num ato eleitoral que registou uma abstenção de 82%, informou na terça-feira a Comissão Eleitoral.

Daniel Azenha (lista C) foi reeleito para o cargo, para um mandato de um ano, contando com 87% dos votos (3.174), contra 13% (461 votos) da lista R, encabeçada por Diogo Vale, nas eleições que decorreram na terça-feira, disse à agência Lusa o presidente da Comissão Eleitoral, João Bento.

Daniel Azenha, de 24 anos, vai estar assim quatro anos na direção-geral, dois dos quais em que foi vice-presidente da AAC, na altura liderada por Alexandre Amado.

De acordo com os dados disponibilizados pela Comissão Eleitoral, nestas eleições votaram 4.040 estudantes, menos de metade dos que participaram na primeira volta do ato eleitoral de 2018, registando-se uma abstenção de 82%, num universo de 22.728 estudantes.

Esta é das maiores taxas de abstenção de que há memória nas eleições dos últimos anos para a Associação Académica de Coimbra, estando abaixo do resultado de 2016, também ele muito baixo, em que votaram 4.889 estudantes.

João Bento justifica a taxa de abstenção tão alta pelo facto de haver menos listas candidatas à direção-geral, apesar de realçar que é “necessário haver iniciativas contra a abstenção” e uma “estimulação do interesse das pessoas não apenas nos atos eleitorais, mas durante todo o ano”.

Neste ato eleitoral, registaram-se 102 votos nulos e 310 votos brancos (que não são considerados para a contabilização da votação final).

Em algumas urnas, os votos brancos ultrapassaram os resultados da lista R.

Nestas eleições, pela primeira vez, houve voto antecipado, sendo que apenas 53 eleitores recorreram a esta opção.

“Por ser algo novo, é natural que o valor seja diminuto, mas é uma iniciativa a manter para dar uma oportunidade de voto aos trabalhadores-estudantes e para quem não pode estar durante a semana nas eleições”, afirmou o presidente da Comissão Eleitoral.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.