Adega Cooperativa de Cantanhede mostra que está “bem viva”

Foto Pedro Ramos

O Dia do Associado da Adega Cooperativa de Cantanhede (ACC) voltou a encher uma casa com 65 anos de história, no sábado, num convívio que contou com a presença do secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado.
Mostrando-se um profundo conhecedor da história da ACC, fundada em 1954, Jorge Delgado lembrou “a visão muito inteligente, dinâmica e ativa, dos fundadores” da instituição que prevaleceu até aos dias de hoje. O secretário de Estado sublinhou ainda a importância que o setor agrícola assume para o atual Governo, considerando-o uma alavanca de desenvolvimento da economia e dos territórios.
“A Adega Cooperativa de Cantanhede tem uma reputação sólida, alicerçada no carácter distintivo dos seus vinhos e num reconhecimento que é fruto de uma ação bem concertada, de todos quantos intervêm no ciclo produtivo do vinho até este chegar à mesa do consumidor”, sublinhou Helena Teodósio, presidente da Câmara Municipal de Cantanhede.
“A minha expetativa e o meu desejo é que o esforço de modernização que tem vindo a ser feito pelos viticultores tenha o devido retorno ao nível da qualidade daquilo que produzem, um retorno à dimensão do valor do seu trabalho e dos seus investimentos”, acrescentou a autarca.

Aposta no Enoturismo
Na sua intervenção, a presidente da Câmara de Cantanhede mostrou-se disponível e entusiasmada para estreitar a colaboração com a ACC, nomeadamente em projetos de Enoturismo. “Sendo a cultura da vinha o denominador comum à maior parte do nosso território, a tradição vitivinícola não pode deixar de ter um lugar central na oferta turística integrada no contexto da região da Bairrada”, sustentou.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.