A Câmara de Montemor-o-Velho passou a ser um Castelo Mágico

FOTO DB/PEDRO RAMOS

Até dia 5 de janeiro, todos os funcionários da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho vão deixar a sua marca no Castelo Mágico.
O parque temático que volta hoje para a segunda edição mobilizou os serviços camarários para tornar realidade os sonhos de miúdos e graúdos.
Foi quando terminou a Feira do Ano que a azáfama começou e, chegada a última semana de preparativos, o telefone não pára de tocar. “Castelo Mágico, bom dia”, exemplifica o presidente da câmara.
No castelo, havia todos os dias 30 funcionários a mover e a instalar equipamentos, a conduzir veículos, a pendurar decorações, a regar o gelo e o trabalho parecia nunca mais acabar. Tudo isto entre as 08H00 e as 19H00, 20H00. A agitação não ficava por aqui. Até à 01H00, havia equipas externas preparadas para labutar.
Divisão de Cultura, Proteção Civil ou iluminação de rua, ninguém fica de fora, garante Emílio Torrão. “A câmara não pára para que tudo esteja pronto no dia 30”.
As ideias e trabalho braçal são apoiadas por uma equipa que trata da burocracia. Fornecimentos, contratos e contabilidade não se veem no resultado final, mas a magia depende deles.

Notícia completa na edição impressa de hoje

One Comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.