30 vacas à solta assustam população nos Covões

Cerca de 30 vacas terão estado a monte na última semana, na freguesia de Covões, em Cantanhede. As cabeças de gado, que alegadamente fugiram de uma exploração pecuária, já terão sido capturadas pela GNR local, que afirma não ter havido registo de danos resultantes do incidente.

O caso motivou uma “enorme preocupação” entre a comunidade de Covões, já que os animais passearam livremente pela via pública, ocupando estradas e propriedades privadas. “Imagine o que é estar a conduzir e de repente atravessar-se uma vaca na estrada… Elas andaram em redor da minha propriedade! Se avançavam para a minha horta, limpavam-me aquilo tudo”, conta um popular.

Ontem, contactada pelo nosso jornal, a GNR de Cantanhede adiantou que “a investigação sobre o caso está em curso” e, por isso, preferiu não confirmar o período em que as vacas estiveram soltas.

Já fonte da Câmara de Cantanhede assegurou que a autarquia esteve “a acompanhar a situação”, colocando mesmo avisos de perigo nos acessos públicos, mas remeteu os pormenores para as autoridades, alegando que “há um processo na justiça que deve ser respeitado”. Segundo o Município, “solicitado para cooperar” no incidente, o caso “está controlado, ainda que não se possa dar a garantia total de que algum animal não tenha sido capturado”.

Informação completa na edição de 19 de novembro de 2019 do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.