Opinião – Consultório de estilo: O que é CHIC?

Posted by

A grande curiosidade está na origem da palavra. A unanimidade é do francês chic que tem significado tanto para coisa ou pessoa estilosa e bonita, mas, sobreposta por alguns autores que afirmam que tem origem no termo do alemão medieval schikken, que significa se arranjar de forma adequada. Em inglês tem a mesma grafia que o francês: CHIC.
Não é um simples adjetivo quando se trata de descrever uma coisa sofisticada e elegante. Por exemplo, roupas que ficam muito bem a uma pessoa podem ser consideradas chics. Mas, o conceito de chic nem sempre está ligado a coisas materiais, em algumas circunstâncias ser chic está relacionado com o requinte e a forma discreta e fina como uma pessoa se comporta em diferentes contextos.
Segundo o pintor holandês Kees van Dongen ( 1877-1968 ) “o chic é um dom como o talento e o génio; há mulheres que são chics com um vestido barato, outras, com vestidos caríssimos, dão a impressão de estarem embrulhadas”. A visão crítica e sagaz de Dongen diz muito sobre a realidade actual. Sim, a aparência deve ser agradável, mas não deve ser ofuscada por falta de brio e conteúdo.
O mundo moderno com a emergente frivolidade carece de equilíbrio e discrição, qualidades do que é ser chic, sinónimo de boa educação e, consequentemente, da harmonia entre o exterior e o interior, compondo o estilo de uma mulher inteligente, benevolente e sofisticada.
A marca da roupa não é mais relevante do que o saber estar e o estilo e, ainda, a personalidade: juntas esbanjam beleza e podem causar inveja.
Se julgarmos a Moda apenas como tendência de consumo de roupa, joias e status, ela não se converterá numa moda democrática e com distinção. O que fazemos é aderir ao básico sem erro e ao sofisticado com auxílio de consultoria, porque nem tudo ficará bem, por isso, existe uma linha ténue entre o chic e o brega. O ser chic ou estar chic é uma consequência de uma multiplicidade de fatores. Exija o máximo de si, estabeleça o vestir e o pentear como resultado de experiências e combinações, trabalho para o qual os figurinistas que criam estilo se orientam: cor, silhueta, caimento, textura e harmonia.
De acordo com a Consultora de Moda, a brasileira Glória Kalil, “chic é uma pessoa que se apresenta bem, e que tem um conteúdo igualmente cuidado, refinado e sofisticado, como a gente faz com a aparência. Fazemos tanto esforço com cabelo, roupa, mas temos que cuidar também da parte interna. Quem só tem aparência, mas não tem uma relação igualmente cuidada com o ambiente, com as outras pessoas, com os valores nunca será chic. Tem que ter conteúdo. Quando você equilibra o interno com o externo aí sim você chega numa coisa considerada chic”.
Para ser chic, a roupa deve estar para a postura, como a atitude para a forma de como se relaciona com os outros. Ser chic passa por todas as fases da aparência e da civilidade.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.