Empresários de Castelo Branco agradados pela nomeação de Ana Abrunhosa para ministra

O presidente da Associação Empresarial da Beira Baixa (AEBB) afirmou hoje que “vê com bons olhos” a criação do Ministério da Coesão Territorial e manifestou “agrado” com a escolha de Ana Abrunhosa para tutelar a nova pasta.

“A AEBB – Associação Empresarial da Beira Baixa vê com bons olhos a criação do novo Ministério da Coesão Territorial, por várias razões, nomeadamente pelo facto de ser o ministério da coesão do território que é um assunto que temos vindo a reclamar há muito tempo e cujos sinais vimos acontecer já na legislatura anterior com a criação da Secretaria de Estado da Valorização do Interior”, explica, em comunicado, o presidente da AEBB, José Gameiro.

Este responsável adianta ainda que esta decisão indicia que o Governo se prepara para ter uma postura diferenciadora em relação ao que são as assimetrias do território e manifesta o “agrado” da associação empresarial pela escolha de Ana Abrunhosa para liderar o novo ministério.

“Pela sua ligação histórica à CCDRC (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro) estará seguramente munida de análises de onde resultarão projetos interessantes para o desenvolvimento do interior, que é a zona do território que mais nos interessa”, sustenta.

José Gameiro sublinha que perante a linha de orientação para a valorização do território seguida pelo Governo “será importante manter a Secretaria de Estado em Castelo Branco”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.