Coimbra: “As aulas vão passar para o smartphone”

Posted by

FOTO DR

O presidente do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), Jorge Conde, reconheceu ontem que os tempos atuais exigem “uma mudança na forma de ensinar”. Em declarações à margem da sessão de abertura do Simpósio sobre Pedagogia no Ensino Superior, que decorreu durante todo o dia na Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC), o docente referiu que o modo de aprendizagem dos atuais alunos “é diferente do que era no meu tempo”. A maior presença do digital no sistema de ensino obriga a alterações na forma como são ministradas as aulas.
Desde logo, e como frisou, as matérias já estão disponíveis “365 dias por ano”. “Temos de perceber que as salas de aula são um mero auxiliar de aprendizagem”, disse. Jorge Conde referiu mesmo que o momento exige uma reflexão sobre o modo de ensinar.
Neste âmbito, o IPC criou um Centro de Inovação Pedagógica – e a quem coube a organização desta conferência – que ao longo dos últimos meses tem “questionado os docentes sobre as dúvidas que se colocam neste momento no modo de ensinar”.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.