Universidade de Coimbra garante o pleno de ingressos em 41 dos 47 cursos

Posted by

Apenas seis dos 47 cursos lecionados na Universidade de Coimbra ficaram com vagas por preencher, na primeira fase do o concurso nacional de acesso, cujos resultados foram disponibilizados este fim de semana na página da Direção-Geral do Ensino Superior (DGES).
Na FCTUC – Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra surge o maior número de vagas sobrantes: 94, de cinco cursos (Geologia, Engenharia Civil, Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, Engenharia Química e Engenharia do Ambiente).
Dentre estes, o caso mais problemático é o de Engenharia do Ambiente, já que 80% das 30 vagas ficaram desertas, sendo que a nota do último colocado foi de apenas 10,43 valores.
Em Engenharia Civil e Geologia, mantém-se o registo sofrível, com cerca de metade das vagas a transitarem para a segunda fase de candidaturas – que decorre entre 9 e 20 de setembro, com os resultados a serem divulgados a 26 de setembro.
No polo oposto surge o curso de Engenharia Biomédica, com o último dos 60 novos alunos colocados a entrar com média de 16,48 valores.
Ainda no que respeita a médias elevadas, os dois cursos da Faculdade de Medicina (Medicina, com 17,97 e Medicina Dentária, com 17,38) surgem sem surpresa no topo da tabela conimbricense, não obstante continuarem longe dos registos noutras universidades – o destaque maior vai para o curso de Engenharia Aeroespacial, no Instituto Superior Técnico, da Universidade de Lisboa, com 18,95. Realce especial merecem também dois cursos da Faculdade de Economia da UC: Relações Internacionais, cujo último colocado entrou com 16,85; e Gestão, com 15,95.
Já em Direito, tradicionalmente também com altas médias de entrada, o curso de Direito exigiu 16,05 ao derradeiro colocado enquanto Administração Pública-Privada requereu 15,3 valores.
Acima dos 15 valores há ainda a ter em conta os cursos de Psicologia (15,54) e Engenharia Física, na FCTUC (15,33 valores).

Toda a informação na edição impressa de hoje, 9 de setembro, do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.