Opinião – Portugal celebra a diversidade em mais um Dia Europeu das Línguas

Posted by

A Europa é palco de mais de 200 línguas. Destas, 24 são línguas oficiais da União Europeia – uma delas a portuguesa, desde 1986. Para promover a diversidade linguística e cultural da Europa, foi criado o Dia Europeu das Línguas, que se celebra, desde 2001, no dia 26 de setembro. Este ano estão previstos 573 eventos em 54 países.
Portugal não fica de fora. Por cá, a data é assinalada no dia 28 de setembro – domingo –, no Jardim do Campo Grande, em Lisboa. O evento é organizado pela European Union National Institutes for Culture Portugal, com o apoio da Representação da Comissão Europeia em Portugal. Os visitantes terão a possibilidade de contactar com 14 línguas europeias: alemão, checo, croata, espanhol, finlandês, francês, georgiano, grego, italiano, inglês, irlandês, polaco, romeno e língua gestual portuguesa.
A União Europeia depende da capacidade de os concidadãos europeus comunicarem uns com os outros, e o plurilinguismo é cada vez mais uma necessidade. No dia-a-dia, somos confrontados com situações que nos obrigam a largar o português e adotar uma língua diferente: seja contactar com clientes estrangeiros, ler notícias de jornais internacionais ou, simplesmente, esclarecer dúvidas de turistas.
Segundo dados do Eurostat, 69% dos Portugueses dizem falar duas ou mais línguas. Apesar de a percentagem ser superior à média da UE ( 64,6%), ainda estamos longe de países como a Suécia ( 96,6%), a Letónia ( 95,7%) ou a Dinamarca ( 95,7%). Investir na aprendizagem de línguas e fomentar o bilinguismo/plurilinguismo deve ser uma prática incentivada. O Dia Europeu das Línguas vem relembrar os portugueses – e os europeus – que nunca é tarde para aprender um idioma diferente.
Se estiver por Lisboa, visite-nos no Jardim do Campo Grande. Se não tiver essa possibilidade, acompanhe o evento nas nossas redes sociais e comente com a hashtag #EDLangs.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.