Académica – Capitão Zé Castro salvou um ponto

Posted by

FOTO DB – CARLOS JORGE MONTEIRO

Há cinco jornadas que a Académica não sabe o que é ganhar na 2.ª Liga. Na 6.ª jornada, os estudantes empataram, 1-1, na receção ao Feirense, tendo conseguido um ponto no derradeiro lance do desafio, através de uma grande penalidade convertida por Zé Castro, em tempo de compensação.

César Peixoto promoveu cinco alterações no onze, em relação à equipa que tinha perdido com o Nacional, 2-1, na 5.ª jornada da 2.ª Liga.

Arghus e Zé Castro regressaram ao centro da defesa, com o setor mais recuado a contar ainda com os totalistas da Briosa na 2.ª Liga, Tiago Pereira, na baliza, Mike, como lateral-direito, e Cerqueira, que ocupou o lugar de defesa-esquerdo.

Marcos Paulo entrou para o meio-campo, para a posição que tinha sido de Leandro Silva na jornada anterior (expulso aos 90’). O brasileiro jogou ao lado de Ricarado Dias, na zona central do setor intermediário. Barnes, também de regresso às opções iniciais, atuou pelo lado direito do meio-campo, com João Mendes a manter o lugar no lado esquerdo. Na frente, Hugo Almeida foi a referência tendo, como apoio mais próximo, Chaby.

A necessitar de resultados positivos, a Académica entrou melhor no desafio e criou, aos 4’, na sequência de um canto batido por Marcos Paulo, a primeira oportunidade junto da baliza de Caio.

 

Notícia completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.