Mortes violentas deixam Cantanhede em choque

Posted by

Jorge Gomes, Dora Maricato e Cláudio Carvalheiro

Foi na noite desta terça-feira que, na Estrada Nacional 335-1, que faz a ligação entre a Tocha e a Praia da Tocha, um violento acidente roubou a vida a um casal e a um motociclista. A colisão deixou, também, o condutor de outro veículo de duas rodas envolvido no acidente ferido com gravidade.
Na viatura ligeira, seguia o casal Dora Maricato e Jorge Gomes que, ao que o DIÁRIO AS BEIRAS apurou, ia buscar a filha da mulher.
Dora Maricato, tinha cerca de 37 anos, era natural da Lomba do Poço Frio, Freguesia do Bom Sucesso (Figueira da Foz), e trabalhava por conta própria. Deixou uma filha menor.
Jorge Gomes, de 38 anos, natural de Coimbra, era empregado de mesa num restaurante de Cantanhede. Já havia exercido a sua atividade profissional num conhecido restaurante da Figueira da Foz, cidade onde Dora também explorou um espaço comercial.
O casal, que morreu carbonizado, residia na Praia da Tocha e deslocava-se para a Figueira da Foz quando o acidente aconteceu.
Já a terceira vítima mortal era Cláudio Carvalheiro, natural de Cantanhede. O homem, de 31 anos, seguia numa mota de alta cilindrada.

A notícia do falecimento deixou o concelho em estado de choque.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.