Chega de assobiar para o lado porque “não há um Planeta B”