“Carne de vaca, não! Greve climática, sim!” é mote da manifestação da AAC convocada para 27 de setembro

FOTO DB/PEDRO RAMOS

A Associação Académica de Coimbra convocou uma greve climática estudantil, em Coimbra, para o próximo dia, 27 de setembro, sexta-feira. A concentração está agendada para as 17H00, no Jardim Botânico da UC, sendo que a manifestação critica, também, o “lobby da carne de vaca”.

No dia de ontem, os estudantes de Coimbra associaram-se à Universidade de Coimbra no desígnio de se tornar a primeira Academia Portuguesa neutra em carbono. Daniel Azenha, Presidente da Associação Académica de Coimbra, aproveitou o momento para anunciar a convocação de uma manifestação enquadrada na greve climática estudantil mundial dos próximos dias 20 a 27 de Setembro.

“A medida de terminar com o consumo de carne de vaca nas cantinas da Universidade de Coimbra é um passo importante para passarmos uma mensagem clara dos malefícios que a indústria provoca no meio-ambiente. Ainda a semana passada, a Universidade de Cambridge emitiu um estudo sobre a aplicação desta mesma medida nas suas cantinas e ficou provado o corte em cerca de 10% nas emissões de carbono”, refere Daniel Azenha.

A manifestação terá a adesão de todas as comunidades estudantis de Coimbra, desde a Universidade de Coimbra até às diferentes escolas públicas. “Ao contrário dos comunicados lançados pelas organizações produtoras de carne de vaca, a comunidade estudantil está unida nesta luta e ficou tremendamente satisfeita pelo passo corajoso e vanguardista dado pela Universidade de Coimbra. Sentimos que o poder económico ligado à carne de vaca está a tentar pressionar contra a medida, por puras razões de lobby, mas consideramos que têm de ser as Universidades a liderarem estas discussões, a eliminarem mitos e a fomentarem o envolvimento da sociedade. E as medidas não podem ficar por aqui: tem de se combater o plástico, o uso de combustíveis fósseis e potenciar a utilização de transportes públicos”, conclui Daniel Azenha.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.