Aumento de ninhos de vespa velutina exige utilização de meios pesados

Posted by

Valores exatos de 184 ninhos de vespa velutina destruídos em 2018 e outros 158 já destruídos este ano, dão uma ideia da dimensão deste problema no concelho de Cantanhede.
Perante este cenário, a Câmara Municipal de Cantanhede explica que “tem vindo a intensificar as ações de deteção e eliminação de ninhos da designada vespa velutina”, acrescentando que “em breve haverá um aumento dos resultados, em função do investimento em novos meios de combate”.
Os equipamentos que estão para chegar permitem fazer operações de eliminação durante o dia, o que até agora, com os recursos disponíveis, não era ainda possível.
De forma a travar esta luta, os serviços têm contado, sobretudo com os munícipes, agora mais atentos para identificar os ninhos.
De acordo com um comunicado da autarquia, “logo que recebem o alerta das situações, os técnicos envolvidos nesse processo efetuam uma primeira visita de reconhecimento para confirmar a existência de ninhos”. Colabora a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários e também, em muitos casos, os apicultores locais.

 

Toda a informação na edição impressa de hoje, 25 de setembro, do DIÁRIO AS BEIRAS

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.