Arganil: Câmara quer reativar escavações no acampamento romano de Lomba do Canho

FOTO DB/PEDRO RAMOS

O município quer reativar as escavações no Castro da Lomba do Canho, em Secarias, Arganil.
Trata-se de um dos escassos acampamentos militares romanos arqueologicamente explorados em Portugal, de acordo com o sítio na Internet da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), pelo que, para o presidente da Câmara Municipal de Arganil, Luís Paulo Costa, esta é uma “pérola por trabalhar”.
De facto, a professora de Arqueologia Maria da Conceição Lopes, da Universidade de Coimbra, sublinha que este é um sítio arqueológico “único em Portugal, é absolutamente ímpar” e portanto com “muito interesse”.
O Castro da Lomba do Canho foi classificado como imóvel de interesse público em 1959.

Na segunda metade do século XX, realizaram-se várias escavações arqueológicas neste sítio e Conceição Lopes afirma que as últimas foram feitas em 1983, por Carlos Fabião e Amílcar Guerra.

Notícia completa na edição impressa de hoje

One Comment

  1. maria costa says:

    Pena que o Sr. Presidente não tenha respondido quando lhe propuseram a ideia de integrar o concelho na «Rota das Judiarias» realçando os bairros judaicos, ainda visíveis.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.