Eleições: Ex-autarca do PSD de Pedrógão Grande é cabeça de lista do Chega por Leiria

Posted by

DR

Luís Paulo Fernandes, ex-deputado à Assembleia Municipal de Pedrógão Grande eleito pelo PSD na condição de independente, vai ser o cabeça de lista do Chega pelo círculo eleitoral de Leiria nas legislativas de outubro, informou hoje o partido.

Numa nota enviada à agência Lusa, o partido indica que convidou Luís Paulo Fernandes “na sequência dos problemas que advêm dos fogos de 2017 em Pedrógão Grande e da falta de resolução ou resolução duvidosa das situações relacionadas com a reconstrução das casas e distribuição de donativos às vitimas deste flagelo”.

O partido liderado por André Ventura justifica a escolha com o “espírito de apoio e solidariedade para com as vitimas de alguns dos concelhos daquele distrito, nomeadamente pela forma no mínimo negligente com que vêm sendo tratadas pelo Estado português, nas pessoas do senhor Presidente da República, do senhor primeiro-ministro e do senhor Ministro da Administração Interna, sem esquecer o senhor presidente da Câmara Municipal de Pedrógão Grande”.

“Que fique claro que é sempre ao lado do povo português que o partido Chega se colocará e é este que o move em quaisquer circunstâncias”, salienta o comunicado.

Luís Paulo Fernandes foi eleito para a Assembleia Municipal de Pedrógão Grande nas últimas eleições autárquicas, em 2017, mas renunciou ao mandato “na sexta-feira passada”, disse à Lusa.

O ex-autarca é também ex-presidente da Associação de Empresas de Diversão.

Hoje, Luís Paulo Fernandes explicou à Lusa que a decisão de deixar a Assembleia Municipal de Pedrógão Grande era algo que “já estava a ponderar há algum tempo” porque “as coisas não andavam muito bem”, o que o levou a desacreditar no PSD.

“Tenho alguma vergonha de ser de Pedrógão Grande pelo que os partidos fizeram a Pedrógão Grande” depois dos incêndios de 2017, assumiu.

Apesar de ainda não ser filiado no Chega, esse “processo está a caminho”, referiu.

Sobre a escolha para cabeça de lista por Leiria, o empresário considerou que “esta confiança é algo muito forte” e “só prova que André Ventura escolhe pessoas do povo”.

Nas eleições legislativas de 6 de outubro, Luís Paulo Fernandes vai “à luta”, mas salienta que “não há extremismos”.

“Não sou assim, nunca serei. Sou uma pessoa de valores e de respeito pelo próximo e vou lutar para que este partido não alinhe em extremismos”, vincou.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.