Canoagem/Mundiais: Portugal estreia-se com esperados apuramentos para as ‘meias’

Posted by

DR FPC

Portugal estreou-se hoje nos Mundiais de canoagem, em Szeged, Hungria, com os esperados apuramentos de Teresa Portela em K1 e Hélder Silva em C1 para as meias-finais dos 200 metros, tendo a qualificação olímpica na mira.

Antecipadamente anunciando que iria abdicar do resultado em K1 500, Fernando Pimenta, que percebeu que não poderia conjugar os horários com os favoritos 1.000 metros, foi último na sua série e assim ficou liberto de mais provas na distância menor.

Teresa e Hélder, que sabiam que não havia em discussão qualquer vaga para a final, concluíram as suas eliminatórias em quarto e em segundo lugares, respetivamente, pelo que agora vão às ‘meias’ de sexta-feira em busca da desejada vaga na regata das medalhas.

Se Teresa alimenta a esperança de conquistar uma das cinco vagas olímpicas do K1 200, Hélder está consciente de que os seus prediletos 200, nos quais competiu no Rio2016, foram trocados pelos 1.000 nas canoas, distância em que vai competir na quinta-feira e na qual não tem o mesmo rendimento.

Na quinta-feira, Fernando Pimenta inicia a defesa do título mundial de K1 1.000 e a C2 1.000 de Marco Apura e Bruno Afonso o percurso que esperam culmine na final, na qual os oito melhores atingem Tóquio2020.

O K4 500 de Joana Vasconcelos, Teresa Portela, Francisca Laia e Francisca Carvalho sabe que o primeiro lugar na sua eliminatória dá final direta, o mesmo não acontecendo no masculino com a tripulação de Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela, sem essa benesse.

Dinamarca, Polónia, Bielorrússia e Canadá são os principais obstáculos ao sonho do quarteto luso.

Na paracanoagem, Norberto Mourão venceu a sua série de VL2 e, na quinta-feira, lutará na final por um dos seis melhores resultados, que o levarão aos Jogos Paralímpicos.

Floriano Jesus foi quarto e falhou a final por um lugar, enquanto Hugo Costa foi sexto e vai à final B.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.