Arganil: Alunos de restauro participaram na recuperação do altar de Folques

Posted by

DR

Parte dos trabalhos de conservação, limpeza e restauro do altar-mor e de diversas peças da Igreja do Mosteiro de Folques – que reabriu no passado 4 de agosto, após a respetiva empreitada – foram realizados por alunos do centro de formação especializada Cearte.

São formandos de três turmas do curso de Técnico Especialista em Conservação e Restauro de Madeiras (Escultura e Talha), que tiveram a oportunidade de participar nas “obras profundas de restauro” por parte da Fabrica da Igreja Paroquial de Folques. Os trabalhos contaram com a colaboração do Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património (Cearte), em parceria com o Centro de Emprego e Formação Profissional de Arganil.

Nesse sentido, os formandos fizeram conservação e restauro do altar-mor e de diversas peças. Entre elas, as imagens de Santo Agostinho e de Cristo Crucificado, mísulas, portas de altar, e retábulos. As intervenções foram orientadas por uma equipa de formadores constituída por Tânia Corte-Real (conservadora-restauradora), Patrícia Henriques Ventura, (técnica de conservação e restauro) e Paulo Martins Gouveia (conservador-restaurador).

 

Ler notícia completa na edição impressa de hoje, sábado, 10 de agosto, do Diário As Beiras

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.