Animalife quer apoio às famílias carenciadas com animais para evitar abandonos

Posted by

A associação Animalife defendeu hoje o apoio às famílias carenciadas com animais a cargo e a aposta na adoção como medidas de combate ao abandono animal.

Em comunicado, a associação, criada em 2011, considera que as medidas previstas na atual legislação “não são as mais adequadas para pôr fim ao problema do abandono de animais de companhia”.

“A solução para o abandono deverá passar por medidas como o apoio a famílias em situação de carência económica extrema com animais a cargo e pela promoção de campanhas de sensibilização apelando à adoção em vez da compra”, defende a associação.

Nesse sentido, a nota, que cita o presidente da Animalife, Rodrigo Livreiro, sublinha que, para “evitar o abandono”, deve atuar-se “sobre as suas causas”, apontando, por isso, “o apoio às famílias carenciadas como primeira medida preventiva”.

“Sabemos que muitos dos animais que são entregues nos CRO (Centros de Recolha Oficial), o são por falta de recursos financeiros”, aponta Rodrigo Livreiro.

Relativamente à esterilização, o presidente da Animalife defende que esta seja alargada aos animais com dono, “para evitar ninhadas indesejáveis, principalmente de animais de pessoas com poucos recursos financeiros”.

A esse respeito, Rodrigo Livreiro lamentou o reduzido investimento nas campanhas de apoio de esterilização de cães e gatos.

“Em abril do ano passado, o Governo aprovou uma campanha de apoio à esterilização de cães e gatos de companhia, num valor total de meio milhão de euros. Até ao final do ano tinha sido usada pouco mais de metade da verba disponível”, lamentou.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.