Vila Nova de Poiares: Maior acidente da Força Aérea recordado na Serra do Carvalho

Posted by

FOTO DR

Dois aviões militares F16 sobrevoaram ontem a Serra do Carvalho, em Vila Nova de Poiares, para assinalar (como acontece todos os anos), a memória dos oito pilotos falecidos naquele local no acidente aéreo de 1 de julho de 1955, o mais grave de sempre da história da Força Aérea Portuguesa (FAP).
Naquele dia, dos 12 aviões que voavam em formação da FAP, oito deles embateram na formação rochosa da Serra do Carvalho devido ao denso nevoeiro que se registava naquela altura.
Ontem, para as cerimónias evocativas do 64.º aniversário do referido acidente aéreo, deslocou-se a Poiares o chefe do Estado-Maior da Força Aérea, general Joaquim Nunes Borrego, onde participou no descerramento de uma placa identificativa no Monumento “Voo dos Anjos”, na Av. Manuel C. Coelho.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.