Atleta português pedalou 10 mil quilómetros até ao Nepal e reuniu 11 mil euros para causas

Posted by

DR FB Pedro Bento

O atleta Pedro Bento percorreu, de bicicleta, perto de 10.000 quilómetros entre Almeirim (no distrito de Santarém) e Katmandu (Nepal) em 71 dias, tendo recolhido perto de 11.000 euros que vai entregar a várias causas.

Pedro Bento, que vai narrar a sua aventura sexta-feira à noite, no cineteatro de Almeirim, disse hoje à Lusa que ficaram a faltar cerca de 100 quilómetros para a meta que tinha estabelecido, mas o objetivo de reunir 10.000 euros – o lema do projeto era “1 euro por 1 quilómetro” – foi ultrapassado.

O desafio a que se propôs teve inicialmente por objetivo apoiar os Bombeiros Voluntários de Almeirim, em agradecimento por todo o apoio recebido na sequência do acidente grave que sofreu em abril de 2017, e o projeto “Dreams of Katmandu”, do português Pedro Queirós.

Pedro Bento afirmou que o apoio ao projeto de Katmandu (no total de 1.500 euros), destinado inicialmente a garantir bolsas de estudo e alimentação a dois jovens nepaleses, foi alargado à compra de uniforme e livros escolares para um outro jovem de um orfanato local e ao pagamento de uma ida das oito crianças desse orfanato, pela primeira vez, a uma piscina.

Pedro Bento conheceu o projeto “Dreams of Katmandu”, que continua no Nepal a apoiar as crianças do Campo Esperança, vítimas do terramoto de 2015, quando participou numa prova naquele país, em 2016, altura em que se tornou “irmão” de Mingmar e Tenzing Sherpa, numa cerimónia que “mexeu” consigo.

Aos bombeiros de Almeirim, o atleta vai oferecer 10 fatos de proteção e combate a incêndios, num total de 8.000 euros.

Como os donativos para o projeto ultrapassaram o valor colocado como objetivo, Pedro Bento decidiu, com o acordo da maioria dos perto de 3.000 seguidores da sua página – https://bakonbike2019.wixsite.com/bakonbike2019 – , ajudar na compra de uma cadeira de rodas desportiva para Luís Jejum, o atleta de 36 anos, natural da Golegã (Santarém), que sofreu graves lesões na coluna num acidente durante uma prova de BTT na Carregueira (Chamusca), em setembro de 2017.

Pedro Bento, 40 anos, sofreu um acidente de moto em 01 de abril de 2017 quando fazia o reconhecimento do percurso para uma prova de BTT que se realizava no dia seguinte, pelo que, quando ouviu a história de Luís Jejum, se “identificou” com ele, tendo-o visitado no hospital.

Contra todas as previsões, Pedro Bento não só não ficou em cadeira de rodas, como conseguiu recuperar fisicamente a ponto de voltar a uma prática desportiva que lhe tinham dito que nunca mais iria fazer.

A motivação de “agradecer e ajudar” levou-o a iniciar a viagem no passado dia 13 de abril, tendo regressado a Almeirim a 26 de junho.

One Comment

  1. Sim, é verdade. Há muita miséria no Nepal e as crianças lutam com grandes dificuldades para estudar. Apenas 100 euros entregues nas mãos certas faz muita diferença no ano lectivo de uma das escolinhas que lá existem. Um grande e triste contraste com o excesso de coisas que os meninos e as meninas de cá têm.
    A quantidade de comida que se desperdiça nos hipermercados portugueses é uma grande vergonha para todos nós. E conseguimos ser mais malnutridos e doentes que os nepaleses.
    Parabéns Sr. Pedro Bento. O Sr. tem muita 💪 e muito 💖!!!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.