Adesão à greve dos técnicos de diagnóstico ronda os 85%, alguns serviços a 100%

Posted by

Arquivo DB

A greve dos técnicos de diagnóstico e terapêutica está hoje a ter uma adesão nacional a rondar os 85%, com hospitais como os de Macedo de Cavaleiros e Bragança a chegarem aos 100%, segundo o sindicato.

Num balanço feito à agência Lusa, Luis Dupont, do Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áreas de Diagnóstico e Terapêutica, disse que a nível nacional o balanço ronda os 85%, com os profissionais a garantirem os serviços mínimos.

“Estamos a garantir tudo o que é urgência, até porque garantimos tudo o que é doença oncológica, desde exames para doentes em tratamento como os que são necessários para as cirurgias oncológicas”, afirmou o responsável.

Segundo os dados recolhidos pelo sindicato, o hospital de Santo António (Porto) está com uma adesão de 85%, Bragança e Macedo de Cavaleiros rondam os 100%, o Centro Hospitalar de São João (Porto) chega aos 80% e o Centro Hospitalar do Oeste aos 85%.

“Sempre fomos afirmando que o sindicato pondera todas as ações possíveis (…). Nesta luta vamos incluir as ações jurídicas que forem necessárias, porque existe mais do que um problema”, afirmou Luis Dupont, apontando o descongelamento da carreira deste grupo profissional e a revisão das carreiras, que o sindicato considera “uma injustiça brutal”.

Os técnicos de diagnóstico estão em greve hoje e em dia 19 de julho, na sequência da rejeição parlamentar de propostas que poriam fim “às desigualdades na carreira” dos profissionais.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.