Utentes criticam impasse nas obras do novo Centro de Saúde Fernão de Magalhães

Posted by

O local que deveria estar em obras para o novo Centro de Saúde Fernão de Magalhães já regressou à sua antiga função: a de parque de estacionamento. Isto porque o concurso, lançado em fevereiro pela ARS, não teve concorrentes, pelo que a empreitada ainda não saiu do papel.

A situação levou a autodenominada Comissão de Utentes do Centro de Saúde Fernão de Magalhães a tomar posição pública.

Em comunicado, o porta-voz, Gonçalo Almeida, lembra que tinha sido anunciado o arranque da construção em 2018 e que estaria concluída em 2020. Porém, “não se vislumbra qualquer início de obras”.

“Findaram os prazos para apresentação de propostas de construção e, apesar do concurso ter sido prorrogado ficou deserto”, refere a comissão.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.