Rodrigo García, Miguel Borges e Teatro do Vestido na 41.ª edição do Citemor

Posted by

FOTO DR

O festival Citemor, que decorre de 25 de julho a 17 de agosto, volta a dividir-se entre Coimbra, Figueira da Foz e Montemor-o-Velho, recebendo espetáculos de Rodrigo García, Miguel Borges e Teatro do Vestido.

Na 41.ª edição do “mais antigo festival de teatro do país”, a organização volta a apostar numa distribuição geográfica entre a Figueira da Foz e Coimbra, como tem acontecido nos últimos anos da iniciativa, que, em 2018, voltou a ser contemplada nos apoios bianuais da Direção-Geral das Artes.

O festival arranca a 25 de julho, com apresentações de João Fiadeiro e Miguel Bonneville, em Coimbra, e termina a 17 de agosto com um espetáculo da coreógrafa e bailarina espanhola Rocío Molina, resultado da sua residência criativa em Montemor-o-Velho, depois de ter vindo apresentar a Portugal, a convite do Citemor, “Caída del Cielo”, informou a organização, em comunicado enviado à agência Lusa.

Entre 08 e 10 de agosto, o dramaturgo argentino Rodrigo García apresenta “PS-WAM – Piano Sonatas Wolfgang Amadeus Mozart”, e o ator português Miguel Borges, que trabalhou com o Teatro da Cornucópia e os Artistas Unidos, leva, à Garagem Auto Peninsular da Figueira da Foz, “Conde de Ferreira”, a 01 e 02 de agosto, refere a mesma nota.

Este ano, o Citemor dá continuação ao trabalho que arrancou na edição anterior do Teatro do Vestido, que esteve em residência criativa, com a apresentação, a 15 e 16 de agosto, de “Pontes de Sal”, um espetáculo que aborda o trabalho nas salinas da Figueira da Foz.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.