Quantidade e qualidade marca início da safra da sardinha na Figueira da Foz

Posted by

Foto: DB-J.A.

A safra da sardinha começou ontem. As sete embarcações da Figueira da Foz dedicadas à pesca daquela espécie chegaram cedo ao porto de pesca. O rosto dos pescadores, acabados de chegar à zona de amarração, e dos armadores, que os esperavam em terra, faziam adivinhar que a faina fora boa. E foi. Cada barco capturou o máximo permitido por dia – 141 cabazes, com 22,5 quilos cada.

Só o preço pago na lota, dois euros por quilo, é que não foi aquele que os produtores de peixe pretendiam, mas já estão habituados a que o primeiro dia seja o menos bom. No pico da procura, porém, pode chegar aos quatro euros.

“No primeiro dia, o mercado está muito confuso. Estamos em vésperas dos Santos Populares e acredito que este é o primeiro dos dias mais baratos da sardinha”, esclareceu António Miguel Lé, presidente da Cooperativa de Produtores de Peixe Centro Litoral.

Informação completa na edição impressa

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.