Opinião – Sinais

Posted by

A segurança (terrorismo), as migrações e o ambiente são assuntos que, merecendo uma atenção cada vez maior de um crescente número de indivíduos, têm de ser olhados numa perspetiva global, transnacional.
E se, por um lado, a consciência de que só através de um esforço concertado, coordenado e com meios à escala planetária será possível, se não resolvê-los, pelo menos debelá-los, por outro tal hercúleo desafio pode levar ao desinteresse, à sensação de impotência, ao “quem sou eu e que insignificância tenho para melhorar seja o que for”?!…
Ora, um pouco por todo o mundo ocidental, esta aposta eleitoral em partidos/movimentos/indivíduos com um discurso em defesa, por exemplo, da urgente aposta em políticas e práticas com vista à sustentabilidade do planeta Terra, parecem finalmente ( 47 anos depois da Conferência de Estocolmo e 27 anos depois da Conferência do Rio de Janeiro) convencer os atores políticos do arco governativo da necessidade de promover um desenvolvimento que atenda às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade das futuras gerações atenderem também às suas.
Na Figueira, realizou-se no Jardim Municipal, na passada 4.ª feira (dia Mundial do Ambiente) o primeiro encontro alargado do Movimento Parque Verde, no qual foi aprovada uma Carta de Princípios, sendo de realçar, entre os 55 elementos, a presença de 10 cidadãos franceses residentes no nosso concelho, muito preocupados com o que por cá vão assistindo de menos positivo, nomeadamente a ausência de políticas ambientais.
Sinais!…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.