Autarquia da Figueira da Foz aplica coimas a 18 bares do Bairro Novo

Posted by

Foto: DR

A Câmara da Figueira da Foz não fez ouvidos moucos às sucessivas queixas sobre o excesso de ruído produzido pelos bares com música, sobretudo os do Bairro Novo, e passou à aplicação de coimas.

A resposta daquela autoridade administrativa surgiu na sequência do relatório elaborado por uma empresa acreditada, contratada pela autarquia para fazer inspeções regulares (mensais no inverno, e quinzenais, no verão).

Entretanto, a câmara notificou os infratores, tendo em vista a aplicação de coimas. Neste momento, decorre o prazo de recurso, por parte dos visados. De acordo com a lei, as coimas aplicadas no excesso de ruído para pessoas singulares têm um valor mínimo de dois mil euros e um máximo de 20 mil, enquanto a tabela para as pessoas coletivas começa nos 12 mil euros e termina nos 72 mil.

Informação completa na edição impressa

 

3 Comments

  1. Zé das Alhadas says:

    Assim, sim. Lá diz o ditado "Quem não quer lobo não lhe vista a pele."

  2. Zé da Gândara says:

    Haja alguém neste país com as bolas no sítio quando a questão é o ruído nocturno… É que há escumalha que julga que pode fazer barulho a qualquer hora do dia conforme lhe der na real gana, porque à boa maneira tuga… normalmente, a culpa morre sempre solteira… Neste caso… Se houve bolas no sítio… Só posso aplaudir…

  3. Figueirense de gema says:

    Interessante, de facto…e, logo a seguir, poucas semanas depois, ocorre uma festa de arromba na praia da Figueira, um suposto Sunset que, afinal, de sunset só tinah o nome porque se prolongava noite adentro, ouvindo-se um nível de ruído de….quantos decibéis, mesmo? Alguém mediu? Bem, eu ouvi, na madrugada de segunda-feira, talvez já aí pelas 5.30 da matina, um barulho atroador vindo da praia, a assolar toda a zona do Bairro Novo. Já para não falar de algumas criaturas ainda imberbes e umas pitas aos guinchos, a urinar os passeios e outras coisa de que nem vale aqui a pena falar. E isto já pode acontecer e é bom para a cidade. É?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.