2,5% das receitas do novo parque eólico vão para o município de Penacova

O município de Penacova vai receber 2,5% das receitas do novo parque eólico do concelho, revelou ontem António Mexia, presidente executivo da EDP.
A ocasião foi a visita do ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Matos Fernandes, e do secretário de Estado da Energia, João Galamba, ao parque que está já em funcionamento há três meses (desde março).
O presidente da Câmara de Penacova, Humberto Oliveira, destaca que este parque constitui um contributo financeiro para o município e é também, por outro lado, um contributo dos territórios de baixa densidade. Refere ainda que os donos dos terrenos onde o parque foi construído recebem também uma renda.
O parque eólico que tem 13 turbinas e uma potência de 46,8 MW constituiu um investimento de 42 milhões de euros.
António Mexia referiu ainda que o parque tem uma produção média de 110 GW/hora, o que dá para abastecer de energia 50 mil casas e evitar 48 mil toneladas por ano de emissões de dióxido de carbono.
Para o presidente executivo da EDP, a energia solar e eólica é hoje “absolutamente incontornável”, dado que, na última década, desde 2010, “os custos de geração de energia solar e eólica desceram na ordem dos 80 ou 70%”, referiu.

(Texto completo na edição impressa)

One Comment

  1. Conde da Beira says:

    A EDP esta de para bens pelas obras e o ambiente agradece,quanto aos 2,5% que a CM de Penacova vai receber
    é uma receita boa e que seja bem utilizado e algumas estradas do Concelho bem precisam !…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.