Saiba qual o objetivo que a Académica ainda tem para cumprir antes do final da época

Foto DB-Carlos Jorge Monteiro

O objetivo é assumido pelo próprio treinador. Assim que caiu por terra a possibilidade da subida de divisão, João Alves tentou motivar os seus atletas e falta cumprir um último objetivo.
Desde o encontro deFamalicão, que perdeu, a Académica somou dois empates (Mafra, em casa e Leixões, fora) e uma derrota, este sábado, na Cova da Piedade, uma das piores séries da época e a pior da “era João Alves”.
São quatro jogos sem vencer, algo só “batido” pelas quatro derrotas consecutivas desde a eliminação da Taça de Portugal pelo Pedras Salgadas – que valeu a saída do treinador Carlos Pinto – a que se seguiram o descalabro do jogo com o Estoril (2-7), em Coimbra, e, já com Alves no “banco”, os desaires em Penafiel e em casa, com o Ac. Viseu.
Dois jogos sem ganhar tinha sido, até aqui, o pior registo de João Alves. Aconteceu à 11.ª e 12.ª jornadas, com derrotas frente a FC Porto B e Famalicão, e às jornadas 19 e 20 – derrota em Paços de Ferreira e empate em casa com o V. Guimarães B.
Nesta altura, de pouco valem as contas, é certo, e, tal como disse que faria, João Alves tem estado apostado em lançar jogadores novos, como aconteceu com David Teles, que se estreou esta época pela equipa principal na Cova da Piedade… e logo a titular.

Acabar sem derrotas em casa em 2019 é o último objetivo para cumprir antes do cair do pano.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.