Opinião: E esta, hem!!!

Posted by

Durante as últimas semanas consagrei a minha intervenção escrita neste jornal à sensibilização e apelo aos meus concidadãos figueirenses, para votar nas eleições para o parlamento europeu. Após o resultado eleitoral verifiquei que esta atitude pedagógica e cívica não passou de um mero apontamento cronista.

No entanto, e após o cair da poeira eleitoral, algumas considerações se podem fazer: 1ª: os figueirenses denotaram uma acentuada distância do parlamento europeu, manifestando desinteresse ou desconhecimento das mais-valias, condicionalismos e financiamentos, que esta nos oferece, para o nosso desenvolvimento, espelhando-se nos estrondosos 70% de abstenção;

2.ª: a população figueirense rejeitou, liminarmente, as posturas altaneiras da extrema-direita que se vinham perfilando no painel político nacional e concelhio minorando a representatividade desses partidos a meros fenómenos residuais;

3.ª: os figueirenses patentearam uma inequívoca confiança no PS e na sua ação política concelhia, saindo este vitorioso em todas as freguesias do concelho, mostrando que os epítetos, adjetivações, atributos negativos e pouco construtivos que a oposição de direita figueirense tem verbalizado são completamente inócuos, pouco consubstanciados e despropositados, o que lhe valeu uma esmagadora derrota nas urnas, chegando o PSD a ser a terceira força política em algumas freguesias, nomeadamente Tavarede, o que, certamente, levará os seus dirigentes a ponderar se esta é a postura correta para construir e desenvolver, de forma sinergética, o concelho.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.