Zero baixas é objetivo do plano de combate a fogos rurais

Posted by

FOTO DR

Em agosto, mês de maior risco de incêndios, o distrito de Coimbra vai contar com 344 bombeiros, 73 veículos e cinco elementos de comando, em prontidão. Mas, o dispositivo operacional está já disponível, embora com efetivos bem inferiores: 174 homens e 39 viaturas, com dois graduados de comando.

Estes são alguns dos dados que constam do Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) 2019, ontem apresentado.

O objetivo, segundo o comandante distrital de operações, é garantir zero baixas – o lema do DECIR, que Carlos Luís Tavares considera fundamental. Para além disso, o responsável quer manter o rácio de área ardida e a taxa de eficácia, na primeira intervenção, que vêm melhorando desde 2012… com a anormal e infeliz exceção desse fatídico ano de 2017.

 

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.