Docentes repudiam carro alegórico alusivo ao Holocausto

Posted by

Docentes da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC) manifestaram hoje o seu “inteiro repúdio e total rejeição” ao carro alegórico “Alcoholocausto” de finalistas de História, acusando-os de banalizar a História.

Mais de 70 professores da FLUC divulgaram hoje um abaixo-assinado, através do qual afirmam sentirem-se “profundamente envergonhados e amargurados pela imagem que, com a sua ignominiosa escolha inicial, o grupo de promotores do carro ‘Alcoholocausto’ projetou de si próprio”, implicando, ao mesmo tempo, “a Faculdade e a Universidade a que pertence”.

Os docentes “entendem ser seu imperativo de consciência, em nome do princípio fundamental de humanidade imposto pela memória das vítimas, trazer a público uma firme posição de inteiro repúdio e total rejeição”.

O carro dos fitados de História da FLUC tinha como nome original “Alcoholocausto”, tendo acabado por surgir no cortejo de domingo sem nome, após protestos contra a referência ao genocídio de seis milhões de judeus na Segunda Guerra Mundial e depois da intervenção da direção daquela faculdade.

Notícia completa na edição em papel desta quarta-feira, 8 de maio de 2019, do DIÁRIO AS BEIRAS

 

4 Comments

  1. Henrique Costa says:

    Parece que a PIDE voltou… agora em vez da extrema-direita, veio com a extrema-esquerda. É o que dá terem os deixado chegar ao poder!

    • Parece é que os idotas nunca abandonaram! Que imbecis!

      Descansa-me o facto de irem parar a uma caixa de supermercado (na melhor das hipóteses!), o que já não é mau, e vão intervir e influenciar pouco ou nada a sociedades!

    • Vasco Gama says:

      PIDE? Alguém foi preso? Diferenças de opiniões são positivas! Cada um opina, isso é democracia!

  2. Pedro L V says:

    Os alunos são estúpidos por se lembrarem de, na latada, vestir caloiros de tropas ss e judeus! Também são estúpidos por quererem continuar a parodiar o tema na queima e depois tentarem tapar o sol com a peneira invocando liberdade de expressão!
    Mas os professores também não ficam bem na fotografia! Acham urgente condenar a infeliz e muito lamentável ideia dos alunos… Mas já há muito que também se deviam ter unido para manifestar publicamente "inteiro repúdio e total rejeição" pelas atitudes dos estudantes durante a queima como as bebedeiras ou banhos de cerveja durante o cortejo que também projectam uma péssima imagem da faculdade e da Universidade!

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.