Cantanhede: Apreensão de armas e munições em processo de violência doméstica

Posted by

A GNR anunciou hoje ter apreendido na segunda-feira duas armas de fogo em situação ilegal e diversas munições, no concelho de Cantanhede, distrito de Coimbra.

“A investigação teve origem numa denúncia por violência doméstica em que a vítima, uma mulher de 58 anos, era supostamente agredida fisicamente e ameaçada de morte pelo ex-marido, um homem de 60 anos, sendo que a violência terá tido início a partir do momento em que a mesma tomou a iniciativa de abandonar a residência”, refere nota de imprensa.

A GNR acrescenta que, na sequência da investigação, “deu cumprimento a três mandados de busca, dos quais um à residência do suspeito e outro à sua viatura, tendo sido apreendidas duas caçadeiras, 335 cartuchos de vários calibres, 105 munições e uma caixa contendo cerca de 400 chumbos”.

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Cantanhede.

One Comment

  1. Zé da Gândara says:

    A "Biolência doméstica"… Perdão… O manancial, qual filão de ouro para os sôdôtôres ditos advogados cá do burgo se encherem à conta da falta de educação de quem se diz vítima da "biolência doméstica" e de quem a perpetra, julgando que está num país Árabe onde o imã lá do sítio ensina como bater na mulher…

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.