Incêndios: PSD acusa Governo de irresponsabilidade por meios aéreos não estarem todos operacionais

Posted by

FOTO DR

O PSD acusou hoje o Governo de “irresponsabilidade”, “ocultação da verdade” e “falta de capacidade de planeamento e gestão”, uma vez que apenas 21 meios aéreos do dispositivo de combate a incêndios estarão operacionais.

“Mais uma vez, o Governo falhou na gestão dos meios aéreos. Hoje deveria começar a segunda fase do dispositivo de combate aos incêndios, e hoje ficámos a saber que, pelo menos 18 dos meios aéreos que eram previstos começar a atuar no terreno e estarem disponíveis para dar resposta às pessoas, não estão no terreno ou estão operacionais”, disse o deputado Duarte Marques numa conferência de imprensa que decorreu na Assembleia da Republica, em Lisboa.

O dispositivo de combate a incêndios deste ano prevê 38 meios aéreos disponíveis a partir de hoje, mas só 21 vão estar operacionais, estimando o Governo que a partir de junho estejam aptas a voar todas as aeronaves.

Notando que no último debate quinzenal, na segunda-feira, “o primeiro-ministro escolheu para tema do debate o dispositivo de combate aos incêndios e ocultou deliberadamente esta informação dos portugueses”, o social-democrata advogou que “há aqui um problema de transparência, mas há também um problema de irresponsabilidade na gestão dos meios aéreos”, acompanhado de “falta de profissionalismo mas, cima de tudo, falta de competência”.

“Há uma irresponsabilidade do ministro Eduardo Cabrita [ministro da Administração Interna], há uma ocultação da verdade por parte do primeiro-ministro, e uma falta de capacidade de planeamento e gestão do senhor ministro da Defesa”, reforçou, apontando que “os portugueses não merecem isto”.

Na ótica do PSD, “o cadastro deste Governo, nesta matéria, é já demasiado longo e demasiado negro para estarmos mais uma vez a falhar e a confiar no bom tempo e em São Pedro para que não existam mais mortos ou mais destruição”.

Face a isto, “o PSD hoje fez chegar um conjunto de questões, quer ao ministro da Administração Interna, que é o responsável político deste dispositivo, quer ao senhor ministro da Defesa, a perguntar afinal quantos meios e onde é que estão os meios à disposição dos bombeiros”.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.