Arqueologia de elevado valor detetada nas obras da Baixa da Figueira da Foz

Posted by

Foto: DB-Jot’Alves

As galerias de água potável e o sistema unitário de saneamento e águas pluviais que estão a ser estudados na zona da Baixa da cidade da Figueira da Foz são de elevado valor arqueológico e patrimonial, afirmou ao DIÁRIO AS BEIRAS o arqueólogo José Ricardo Nóbrega.

O levantamento está a decorrer na zona das obras, que incidem em 14 ruas e duas praças.

“Estas estruturas, com este estado de conservação, só se encontram em Lisboa e no Porto. Portanto, a Figueira da Foz acabou de entrar no mapa das poucas cidades que têm galerias de águas subterrâneas transitáveis. Será um caso de estudo, sem dúvida”, afiançou aquele arqueólogo, que coordena a equipa.

O estado de conservação das infraestruturas, dos séculos XVIII e XIX, surpreendeu os especialistas.

Informação completa na edição impressa

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.