Arganil celebra regresso do Rally de Portugal com espetáculo de video mapping

Posted by

FOTO DR

Arganil vai celebrar o regresso do Rally de Portugal à região Centro com um espetáculo de video mapping, no dia 30, na fachada da Antiga Cerâmica Arganilense, anunciou hoje o município.

O regresso do evento desportivo àquele concelho do interior do distrito de Coimbra vai ser celebrado com video mapping (projeção de vídeo) na fachada da Antiga Cerâmica Arganilense, num espetáculo “histórico, imersivo e interativo”, que pretende fazer uma viagem “ao Rally de Portugal, a partir de Arganil”, refere o município, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

O espetáculo, com entrada livre, vai decorrer no dia 30, pelas 22:00, com três sessões de cerca de 12 minutos.

A iniciativa da autarquia pretende celebrar o regresso do Rally de Portugal à região Centro, após 18 anos de interregno, e, mais especificamente, a Arganil, um “mítico troço” onde “se consagraram algumas das lendas mundiais e onde o espírito do rally nunca se perdeu”.

“O espetáculo “Arganil – Capital do Rally” é a celebração do orgulho e entusiasmo dos arganilenses em voltar a fazer parte desta festa do desporto automóvel. O município tem feito, nos últimos meses, um trabalho incansável de arranjo do troço, de garantir questões de segurança e de preparação logística para receber o evento que atrai milhares de aficionados de dentro e fora do país”, explicou o presidente da Câmara de Arganil, Luís Paulo Costa, citado na nota de imprensa.

Para o autarca, esta é uma oportunidade para voltar “a colocar Arganil no mapa do rally mundial”.

Segundo a nota de imprensa, o espetáculo de ‘video mapping’ pretende fazer uma viagem “ao mundo do Rally de Portugal, desde os anos 60 até à atualidade, com os êxitos e momentos difíceis que esta prova superou ao longo de 50 anos, permitindo que a magia do Rally e a especificidade da etapa de Arganil transportem o espetador para um tempo e um lugar onde a emoção é um alfabeto comum”.

O espetáculo é criado e produzido pela Tavolanostra, contando ainda com o patrocínio da Nicola Cafés.

O programa do Rali conta com um percurso de 1.463,55 quilómetros, dos quais 311,59 cronometrados ao longo de 20 especiais de classificação. O ‘shakedown’ tem lugar a 30 de maio no circuito de Baltar, em Paredes, seguindo-se a partida da porta férrea da Universidade de Coimbra.

Para dia 31, estão previstas passagens por Coimbra, Lousã, Góis, Arganil e Lousada. No dia seguinte (01), o Rali está já plenamente instalado no Norte, com especiais em Vieira do Minho, Cabeceiras de Basto, Amarante e Vila Nova de Gaia. Por fim, a 02 de junho, Montim, Fafe e Luílhas acolhem as derradeiras etapas, antes da consagração dos vencedores em Matosinhos.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.