Ana Abrunhosa, presidente da CCDRC, absolvida de crimes de difamação

Posted by

Foi hoje absolvida, da acusação dos crimes de difamação e denúncia caluniosa, Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC). A decisão acaba de ser proferida, ao fim da manhã desta sexta-feira, pelo Tribunal de Coimbra. Também o seu ex-marido, que estava acusado pelas mesmas razões, foi absolvido.

A acusação tinha partido do anterior presidente da CCDRC, Pedro Saraiva.

O tribunal decidiu “in dubio pro reu”, já que considerou não ter sido possível provar qualquer dos factos pelos quais os arguidos vinham acusados. “Não é possível imputar os atos aos arguidos”, sintetizou a juíza.

No final da leitura da sentença, Ana Abrunhosa disse ter aceitado a decisão com tranquilidade e considerou ter-se feito justiça no sítio certo, o tribunal.

Ainda assim, a responsável da CCDRC lamentou a morosidade do processo e garantiu que a situação foi muito complexa em termos familiares.

Disse também que gostaria que o Ministério Público envolvesse tantos recursos em outros processos como aqueles que envolveu neste que agora finda e agradeceu ao Governo, que “sempre confiou”, e a todos os atores da região.

O advogado Castanheira Neves, a representar Ana Abrunhosa, considerou que – após as seis sessões de julgamento e ouvidas todas as testemunhas e analisados todos os documentos – a prova produzida não permite ao tribunal ter a convicção de que a presidente da CCDRC tenha praticado os crimes de que é acusada.

Segundo a acusação do Ministério Público, Ana Abrunhosa e o seu ex-marido, Luís Borrego, teriam alegadamente feito passar-se por “um grupo de empresas de consultoria e de cidadãos da região”, imputando factos falsos e emitindo juízos de valor lesivos da honra, consideração e bom nome do ofendido, Pedro Saraiva.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.