Museu de Arte e do Colecionismo motiva ampliação da Casa do Capitão-Mor

DB- Carlos Jorge Monteiro

A Casa Municipal da Cultura vai ser alvo de uma reabilitação para acolher o futuro Museu de Arte e do Colecionismo (MAC) de Cantanhede. A Casa do Capitão-Mor, edifício histórico onde está atualmente alojada a Casa da Cultura e o Museu da Pedra, vai ser alvo de uma ampliação.

O projeto foi ontem apresentado no Salão Nobre da Câmara Municipal de Cantanhede, aquando da assinatura do contrato de doação do espólio de Cândido Ferreira e Liliana Ferreira que vai dar origem a este novo núcleo museológico.

Helena Teodósio, presidente do município, indicou que, antes da assinatura do contrato, o município começou o processo de investimento na criação de condições para “tirar o melhor partido possível” do espólio.

Notícia completa na edição impressa do Diário As Beiras 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.