Francisco Amaral, realizador da “Íntima Fração” e diretor da ESEC TV

Posted by

O realizador do programa de rádio “Íntima Fração” e diretor da ESEC TV, Francisco Amaral, de 68 anos, morreu no sábado de doença súbita, em Coimbra, disseram amigos do profissional à agência Lusa.
Francisco Amaral, autor de vários programas de rádio, entre os quais “Íntima Fração”, emitido pela primeira vez na Antena 1 em 1984, morreu no sábado, na sua habitação.
Aquele programa ia para o ar há 35 anos e era emitido atualmente na Radar FM, após ter sido sucessivamente difundido pela Antena 1, TSF, Rádio Universidade de Coimbra, Rádio Clube Português e Expresso Online.
Produtor e realizador de audiovisuais, Francisco Amaral era também professor e coordenador da licenciatura em Multimédia do Instituto Superior Miguel Torga, em Coimbra, além de diretor da ESEC TV. Era também o responsável pelo programa homónimo que há anos é emitido na RTP 2, produzido por profissionais, alunos e estagiários da licenciatura em Comunicação Social da Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC), com a colaboração de estudantes de outras licenciaturas deste estabelecimento do Instituto Politécnico de Coimbra.

Colaboração
com o DIÁRIO AS BEIRAS
Foi, justamente, no âmbito das suas responsabilidades na ESEC TV que Francisco Amaral colaborou, de forma mais estreita, com o DIÁRIO AS BEIRAS, designadamente, na produção de conteúdos de televisão e multimédia.
Entre outras funções na área audiovisual, foi diretor de programas da extinta Rádio Jornal do Centro (RJC), associada da TSF, e apresentador na TV Saúde, em Coimbra, onde nasceu e residia.
Com formação inicial nas áreas das artes visuais, arquitetura e história de arte e estágios em cinema de animação com o professor belga Gaston Roch, no Instituto Superior de Artes Visuais de Bruxelas, Francisco Amaral estudou igualmente em França, como bolseiro da Federação Portuguesa de Cinema e Audiovisuais.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.