Figueira da Foz: Estudo apresenta “propostas sustentadas” para o Bairro Novo

Posted by

Álvaro Tomás

O Bairro Novo foi projetado para ser a Biarritz do Centro de Portugal. Construído no século XIX, continua a ser o coração turístico da cidade, onde se encontra instalado o histórico Casino Figueira, o mais antigo da Península Ibérica. Contudo, e apesar da reabilitação urbana em curso, por privados, ali ainda há muitos imóveis devolutos (ver números).
A Associação do Bairro Novo (ABN), agora liderada pelo empresário Álvaro Tomás, criada há seis anos, já se revitalizou e a primeira medida foi mandar fazer uma “radiografia” à zona “chic” da cidade, estudo suportado por duas empresas sediadas naquela zona. O relatório preliminar – o definitivo deverá ficar concluído até ao final deste mês – revela o Bairro Novo em números e propostas.
O estudo destina-se a aferir a dinâmica económica, turística, habitacional e social. “Este estudo é um raio X do Bairro Novo e servirá como linha orientadora para fazermos propostas sustentadas a quem de direito”, adiantou Álvaro Tomás ao DIÁRIO AS BEIRAS, esperando que sirva, também, para captar fundos comunitários e da zona de jogo e novos investimentos.

Centro comercial de rua
O dirigente associativo defende ainda que o estudo tem por finalidade “preparar o presente e projetar o futuro”, porque “o Bairro Novo foi, é e sempre será o coração da Figueira da Foz”. A “radiografia”, “com propostas concretas e devidamente debatidas com a população”, será apresentada a parceiros institucionais. O estudo da associação inclui, também, um logotipo para a “marca” Bairro Novo, uma sede e um cartão de sócios com descontos nos estabelecimentos aderentes.

Notícia completa na edição impressa de hoje

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.