Coimbra mobiliza-se para ajudar Moçambique

O rastro de destruição provocado pelo ciclone Idai foi uma tragédia imensa que se abateu sobre Moçambique. Uma vez mais, à semelhança do que já aconteceu no passado, os portugueses mobilizaram-se para ajudar.

Coimbra não foi exceção: na cidade-irmã da Beira (que terá sido afetada numa extensão de 90 por cento do seu território), instituições, organizações e associações estudantis anunciaram apoios financeiros e ações de recolha de bens e fundos para ajudar os milhões de afetados pelo ciclone.

Na edição de hoje, damos alguns exemplos de entidades que estão a receber donativos ou bens alimentares, produtos de higiene e limpeza e produtos de tratamento de água na cidade de Coimbra.

(Texto completo na edição impressa)

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.