gnr detém suspeito

FOTO DR

O nome do carro que vai representar o curso de História no cortejo da Queima das Fitas está a causar polémica. Em causa, está o facto de os novos fitados de História 2018/2019 estarem a preparar um carro para o cortejo da Queima das Fitas intitulado “Alcoholocausto”, com uma alusão a um comboio.

O aviso chegou ontem através de Catarina Martins, professora da FLUC, e alastrou-se como um rastilho. Ao longo do dia, foram muitos os que criticaram a atitude dos estudantes, afirmando que a referência ao holocausto “envergonha a faculdade e a universidade”.

Ontem mesmo, em comunicado, os novos fitados esclareceram que o carro “não é apenas constituído pelo seu nome”.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.