Associação Académica de Coimbra prepara-se para rever os estatutos

FOTO DR

Está constituída a assembleia que vai rever os estatutos da AAC. A lista encabeçada por João Assunção (“Contigo Somos Académica”) conseguiu 92 por cento dos votos nas eleições para a Assembleia de Revisão de Estatutos Extraordinária da Associação Académica de Coimbra (AAC). A lista adversária, “Integridade e Transparência na Defesa da AAC”, liderada por Daniela Rodrigues, ficou-se pelos oito por cento.
Será esta assembleia que, ainda durante o mês de abril, após a interrupção letiva para férias da Páscoa, irá trabalhar na Revisão de Estatutos da associação estudantil. A medida tinha sido aprovada em Assembleia Magna, ainda durante o mandato de Alexandre Amado. A revisão vai-se centrar na organização das estruturas da Queima das Fitas e da Comissão Disciplinar da AAC. Outro ponto a merecer destaque será a alteração do limite mínimo de quórum da Assembleia Magna.
Os estatutos – recorde-se -, são revistos a cada cinco anos, tendo a última alteração acontecido em 2017, altura em que foram introduzidas profundas alterações ao documento. Podem, no entanto, ser revistos extraordinariamente quando for deliberado pelos estudantes em Assembleia Magna, como aconteceu em 29 de outubro de 2018.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.