Proteção Civil alerta para o mau tempo nas próximas 48 horas

Posted by

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou hoje para o agravamento das condições meteorológicas nas próximas 48 horas, com períodos de chuva e vento fortes, agitação marítima na costa ocidental e queda de neve acima dos 1.200/1.400 metros.

Em comunicado, a ANPC alerta para períodos de chuva por vezes forte (entre 10 e 20 milímetros numa hora) e persistente (entre 30 e 40 mm em seis horas) nas regiões norte e centro, passando a aguaceiros, que poderão ser fortes, de granizo e acompanhados de trovoada, desde o início da tarde de terça-feira e o final da manhã de quarta-feira.

O vento vai soprar forte do quadrante sul, com rajadas até 80 quilómetros por hora a norte do cabo Mondego, enquanto nas terras altas das regiões norte e centro está previsto que as rajadas atinjam os 100 km/hora, a partir do meio da tarde de terça-feira a o início da manhã de quarta.

Está igualmente prevista queda de neve acima dos 1.200/1.400 metros de altitude, entre o final da tarde de quarta-feira a e o final da manhã de quinta, podendo descer à cota dos 1.000 metros na serra do Gerês.

Na costa ocidental está prevista agitação marítima com ondas de sudoeste entre quatro e quatro metros e meio, entre o fim da tarde de terça-feira e o de quarta-feira, bem como no início da tarde de quinta-feira de noroeste, com ondas entre os quatro e os cinco metros.

Face a estas condições meteorológicas, os efeitos expectáveis são piso rodoviário escorregadio, e formação de eventuais lençóis de água e gelo, possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água em zonas historicamente mais vulneráveis, danos em estruturas montadas ou suspensas, dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente em períodos de preia-mar.

Existe ainda a probabilidade de queda de ramos de árvores em virtude dos ventos fortes e possíveis acidentes na orla costeira, entre outros.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.