Presidente da ESEnfC defende mestrados e doutoramentos

FOTO DB/PEDRO RAMOS

“Ser enfermeiro hoje é compreender a necessidade de estudar ao longo da vida. (…) É necessário que esta formação seja desenvolvida em ambiente académico” defendeu ontem, na sessão comemorativa do Dia da Escola Superior de Enfermagem, a presidente desta instituição.

Em específico, Aida Cruz Mendes considera que “mestrados e doutoramentos em Enfermagem não são só necessários para os enfermeiros que seguem uma carreira académica”.

No seu entender, “o aumento de competências em enfermagem, a sua diferenciação em áreas de especialidade e a obtenção dos diferentes graus académicos enriquece tanto a profissão como a ciência de enfermagem, em benefício das populações”.

Versão completa na edição impressa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.