O médico e antigo jogador da Académica, Vítor Campos, faleceu hoje com 75 anos

Posted by

Faleceu hoje, com 75 anos de idade – na sequência de problemas de saúde, que se manifestaram nos últimos seis anos – o médico anestesista e antigo jogador da Académica, Vítor Campos. O irmão, também médico e antigo futebolista, Mário Campos,  disse hoje ao DIÁRIO AS BEIRAS que, com esta despedida, “se perdeu mais um pedaço da Académica e de Coimbra”.

Na realidade, Vítor Campos foi um dos atletas da Briosa que mais jogos realizou pela equipa principal, conciliando a prática desportiva ao mais alto nível, com a prática clínica, pelo menos até aos 30 anos de idade. Fez parte da equipa da Académica que se sagrou vice-campeã nacional de futebol na época de 1966/67. Mesmo depois de sair da equipa foi sempre dos mais dedicados academistas, chegando a integrar a Direcção da Académica/OAF, nomeadamente no período conturbado da extinção da antiga Secção de Futebol da AAC e da criação do Clube Académico (CAC, que depois se transformou no OAF).

No facebook da AAC/OAF pode ler-se que Vítor Campos jogou na Briosa durante 13 temporadas, entre 1963 e 1976, tendo atuado em 345 partidas. É o 6.º jogador com mais jogos realizados na História da Académica. Como jogador estudante veio a licenciar-se a 14 de outubro de 1971.

O irmão recorda cerca de sete décadas de cumplicidade e amizade permanente entre ambos. Mário Campos lembra a partilha do mesmo quarto, primeiro como jovens, na casa de família, mas também depois, nas saídas dos jogos da Académica. Nos últimos anos Vítor Campos viveu condicionado às consequências de um acidente vascular cerebral que sofreu em 2013.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.